Os investimentos da Locaweb não param

Os investimentos da Locaweb não param

A Locaweb não perde tempo quando o assunto é a expansão dos negócios. Após comprar uma startup voltada para a análise de dados dos consumidores, a empresa agora investiu em mais uma compra. Desta vez, o foco é expandir as estratégias de marketing digital de seus clientes.

A verdade é que os últimos meses foram bem animadores para a Locaweb…

Depois de abrir capital na B3, o valor de mercado da companhia de tecnologia teve um salto de 233%. E, após levantar R$ 400 milhões em seu IPO exclusivamente para a aquisição de empresas, a Locaweb já começou a atuar nesse sentido…

A Locaweb comprou duas empresas em um período de uma semana!

Ao londo do artigo, vou explicar em detalhe sobre as recentes aquisições da Locaweb e contar mais a respeito dos planos futuros da empresa. Dá só uma olhada…

Locaweb adquire a Etus

A Locaweb anunciou, na última quarta-feira (30), a aquisição da Etus, startup fundada em 2015, que tem como foco a gestão e marketing digital para empresas em redes sociais.

O valor da transação foi de R$ 18,95 milhões…

E, de acordo com a Locaweb, uma parte dessa quantia ficará retida como garantia contratual em caso de outra proposta. Além disso, o valor do fechamento fica sujeito a determinados ajustes de dívida líquida e capital de giro, comuns neste tipo de transação…

Hoje, a Etus conta com mais de 100 mil clientes. Entre eles, o foco principal são as PMEs

Mas isso não impede a Locaweb também tenha grandes empresas em seu portfólio de clientes, como Tramontina, Boticário e Arezzo, por exemplo.

Um ponto em comum entre as companhias é que ambas atuam com o modelo de assinaturas para seus clientes. E isso contribuiu para a decisão final pela aquisição da Etus…

Sobre isso, inclusive, representantes da Locaweb ressaltaram:

“A Etus, que já possui um crescimento orgânico substancial nos últimos anos, poderá acelerar ainda mais esse crescimento com as sinergias e integrações imediatas com a base de clientes de todas as operações da Locaweb”, afirmam. 

O que nos leva a entender em detalhes o motivo da compra da startup…

Por que a Locaweb comprou a Etus?

O objetivo da empresa com a aquisição é usar os serviços da Etus para ofertar uma maior gama de serviços para os clientes da Locaweb…

A plataforma é conhecida por atuar fortemente na área de gestão de marketing digital em redes sociais, como InstagramFacebookLinkedIn, Pinterest e Twitter.

E tudo isso faz bastante sentido, uma vez o uso das redes sociais não é só uma excelente estratégia para as pequenas empresas. Até as marcas líderes estão conseguindo deixar lições valiosas quando o assunto é engajamento nas redes sociais…

Mas, neste ponto, você pode estar se perguntando: e por que isso é importante para os negócios?

Bem, quanto mais pessoas engajadas com a marca você tiver, mais audiência a sua empresa vai ter. Na verdade, essas pessoas formam a base de uma comunidade que confia no negócio, podendo se tornar não só clientes, como fãs da marca…

Provavelmente foi isso que a Locaweb pensou com a aquisição: proporcionar uma presença digital completa para os seus clientes

Assim, os usuários da Etus (e agora também os da Locaweb) podem utilizar serviços do tipo:

  • Agendamento de postagens;
  • Impulsionamento de publicações;
  • Gerenciamento de interações com perfis das redes;
  • Captação de leads;
  • Elaboração de relatórios sobre as ações. 

Mas a compra da startup está longe de ser um caso isolado ou ação solta da Locaweb… 

A empresa quer mesmo é expandir ainda mais os seus negócios. E, claro, tem um plano para isso. Explico a seguir. 

Os Planos de Expansão da Locaweb

Em fevereiro, a Locaweb fez sua estreia na B3 com um IPO que movimentou cerca de R$ 1,4 bilhão

O IPO da Locaweb simplesmente causou um forte disparo em suas ações…

Após serem vendidas a R$ 17,25 na oferta, no teto da faixa indicativa na oferta pública inicial, as ações da Locaweb (LWSA3) dispararam 19,42%, sendo cotadas a R$ 20,60, no primeiro dia de negócios. Na máxima, as ações atingiram R$ 21,77. 

Depois desse cenário bem animador, a  companhia prosseguiu com os planos descritos no prospecto do Locaweb IPO…

Isto é, recententemente, a Locaweb comprou a Social Miner, startup de análise de dados de comportamento do consumidor em Ecommerces, por R$ 22,2 milhões. 

A companhia informou que a expertise da Social Miner será trabalhada juntamente aos recursos da All iN,  empresa de marketing digital que foi adquirida em 2013…

E, agora, chegou para completar o time a Etus, também focada em marketing digital.

Com isso, é bem provável que a Locaweb continue comprando mais empresas. Principalmente agora que tem em mãos R$ 400 milhões levantados em seu IPO exclusivamente para fazer esse tipo de operação.

Deixe uma resposta