Magazine Luiza investe mais em tecnologia

Magazine Luiza investe mais em tecnologia

Há algum tempo a Magazine Luiza vem apostando em estratégias para expandir sua participação no varejo digital. E seu mais recente movimento no mercado comprova isso: a aquisição de uma startup especializada em soluções para pequenos e médios varejistas.

A compra da famosa Magalu é a primeira no 3º trimestre… Mas está longe de ser a única – ou quem sabe até a última – aquisição da varejista.

Após investir em empresas para aprimorar a conversão de vendas por meio de sites parceiros e a integração de anúncios de publicidade, a Magazine Luiza deu mais um passo em sua expansão digital…

Ao longo do artigo, vou te mostrar mais detalhes sobre a última compra da Magazine Luiza. E também vou te explicar o contexto por trás desse movimento da empresa. Acompanhe.

Stoq Tecnologia faz parte da Magalu

Magazine Luiza anunciou nesta segunda-feira (24) a compra da Stoq Tecnologia, startup que desenvolve sistemas de ponto de vendas (PDV) no modelo SaaS (Software as a Service)…

A empresa foi fundada em 2015 na cidade de São Carlos, em São Paulo. Sua atuação no mercado tem o propósito de melhorar o atendimento para varejistas físicos e seus funcionários…

Na prática, o sistema reduz filas e também elimina fricções no processo de compra.

De acordo com representantes da Magazine Luiza, um dos principais produtos da Stoq é o SmartPOS…

O serviço permite que atendentes realizem pedidos e recebam pagamentos de acordo com o local onde o cliente estiver.

O Stoq Self-Checkout, totem de auto-atendimento, também é um dos destaques da startup. Ele dá autonomia para o cliente fazer pedidos e concluir pagamentos sem enfrentar filas virtuais ou falar com um atendente…

Além de ter um sistema de PDV, que permite o gerenciamento de pedidos de food delivery diretamente no caixa.

De acordo com a Magazine Luiza, os produtos da Stoq vão integrar o pilar estratégico da Magalu as a Service (MaaS). Mas não só isso…

Também complementarão o Parceiro Magalu, levando a digitalização para os médios varejistas que possuem mais de uma filial.

Dessa forma, a aquisição da Stoq representa mais um movimento da varejista em expandir seu alcance no comércio (tanto eletrônico quanto físico).

É a primeira compra feita no 3º trimestre de 2020, mas não foi a única realizada pela Magazine Luiza nos últimos meses… 

O Foco é a Expansão Digital da Magazine Luiza

A aquisição da Stoq  faz parte da iniciativa da Magalu em apostar em estratégias ao estilo Amazon e Alibaba, líderes do varejo mundial…

Ambas companhias investem pesado na expansão digital…

Amazon, por exemplo, investe em conteúdo com parceiros para promover seus produtos, coletar dados e se conectar melhor com o consumidor…

Iniciativa que a Magazine Luiza também apostou com a compra recente do Canaltech. O site produz conteúdos de tecnologia em formatos diversos e análises de produtos.

Já a gigante chinesa Alibaba, inspirou a Magazine Luiza em apostar na integração de anúncios online e offline. 

A compra da Inloco Media,empresa que tem como foco a comercialização de publicidade digital, mostra isso. 

Neste ponto, a aquisição foi estratégica para a Magalu focar na estruturação de anúncios

Ao que tudo indica, novas aquisições podem acontecer dentro das estratégias da varejistas para os próximos anos…

Principalmente porque, apesar de estar entre as líderes, a Magazine Luiza ainda não é a empresa com maior participação no mercado digital hoje. 

Lojas Americanas (do Grupo B2W), Amazon Brasil e Mercado Livre (mesmo sendo argentina) estão na frente da Magalu neste sentido.

Deixe uma resposta