Apple atingi a marca de US$ 2 trilhões de valor de mercado

Apple atingi a marca de US$ 2 trilhões de valor de mercado

Em 2018, Amazon e Apple atingiram o valor de mercado de US$ 1 trilhão. Dois anos depois, mais especificamente na manhã desta quarta-feira (19), a empresa da maçã dobrou este valor, atingindo valor de mercado de US$ 2 trilhões.

O marco foi atingido após cada ação da companhia passar a valer US$ 467,77. Aí basta multiplicar por 4,3 milhões, que é o número de ações da empresa em circulação.

Segundo explica o Cnet, recentemente a Apple anunciou que faria um desdobramento de suas ações em 24 de agosto. Na prática, isso vai multiplicar o número de ações da companhia por quatro. A ideia é que tal medida facilite para que mais pessoas comprem ações da empresa, já que, com mais papéis em circulação, eles teriam um valor menor.

Para você ter uma noção do que são US$ 2 trilhões, é mais que o PIB do Brasil de 2019 (US$ 1,8 trilhão), da Itália (US$ 1,9 trilhão), do Canadá (US$ 1,7 trilhão) e da Coreia do Sul (US$ 1,6 trilhão)

Na prática, este marco só é simbólico e significa que o mercado financeiro bota fé na Apple. A empresa conseguiu, mesmo num cenário de pandemia, apresentar bons resultados financeiros recentemente. Os destaques da companhia foram a venda de computadores Mac e iPads; já a venda de iPhones, que sempre representa grande parte da receita, ficou praticamente estável, com números muito parecidos com o mesmo período do ano passado.

Fora do otimismo do mercado financeiro, a Apple tem sido alvo de críticas de plataformas de jogos por exigir 30% das receitas das transações feitas em games na App Store. Notoriamente, a Epic Games, que desenvolve o Fortnite, tem liderado as iniciativas de crítica à companhia da maçã; Mesmo fora dos games, Spotify, Telegram e outras empresas já se mostraram contra tal prática.

Voltando às empresas que já chegaram à marca de US$ 1 trilhão de valor de mercado, em ordem, temos a Amazon (em 2018), a Microsoft (em 2019) e o Google (2020).

Ainda que o marco de US$ 2 trilhões seja significativo, a petrolífera Saudi Aramco chegou a este mesmo patamar em dezembro de 2019.

Deixe uma resposta